26 junho 2012

Garagem de apartamentos: Carro como decoração





Último Domingo estava assistindo o programa AutoEsporte, na Globo, quando me deparei com uma reportagem sobre apartamentos de luxo em que o carro sobe de elevador junto com o seu dono para a porta do apartamento (!!!).


O prédio em questão, Edifício Parc Zodíaco, Belo Horizonte, tem projeto do arquiteto Gustavo Penna, e mostra as facilidades de se abrir a mala do carro e já guardar as compras na despensa, estar pronto para já entrar no carro, e um outro aspecto: o carro como objeto de decoração.


O conceito é integrar o automóvel à ambientação da sala de estar, como se fosse mais um objeto de design e contemplação, que imprimisse o estilo de vida do morador. Para tal, o contrapiso do apartamento é reforçado, e as paredes e pisos feitos de material lavável.


A ideia é até interessante/prática, mas na questão de integrar o carro pra dentro do apto, fiquei com algumas dúvidas...carro solta óleo, pneus e gasolina exalam cheiros fortes, e ainda traz a sujeira das ruas junto com ele...







E vocês, o que acham desse novo conceito de projeto? Opinem!


Assistam a reportagem no link: http://globotv.globo.com/rede-globo/autoesporte/t/todos-os-videos/v/ideias-ousadas-aproximam-carros-dos-donos/2009471/



Blogger: 7 Comentários

Anônimo 26 de junho de 2012 09:54

realmente, é meio sujinho ne? mas muito pratico tirar as compras do carro direto para a cozinha, disso eu gostei! mas esses apartamentos sao de alto luxo, os problemas com a sujeira que o carro vai causar nao devem passar muito pela cabeça dos proprietarios, li que um aparatamento nesse predio custou 2 milhoes e 800 mil reais. essas pessoas tem varios funcionarios para limpar tudo. mas é uma ideia interessante, sim!

Anônimo 26 de junho de 2012 15:46

e no horario de pico? Daki q desçam odos os carros pelo elevador!

arquitetamanuelalopes 27 de junho de 2012 17:36

É, eu tb vi a reportagem e pensei a mesma coisa. Carros a álcool, então, nossa, ia ser um inferno preparar comida numa cozinha fedendo a combustível.. rs

Thaíz 6 de julho de 2012 13:50

Pensei em quando faltar energia elétrica...

Rochedo 24 de agosto de 2012 15:31

Amigos;

Vocês não estao levando em conta que o projeto tem muitas outras vagas no andar terreo, como o convencional. Neste caso em BH, sao 5 + a sexta elevada.

O conceito inicou a exister muitos entusiastas automotivos que estavam trazendo suas reliquias ou carros de alto padrao para dentro de casa ou passando muito tempo com eles em 'garagens' afastados do resto.

Quem tem paixao por automovel, facilmente entenderá o conceito inicial. Quem nao gosta, existe todas as facilidades citadas, como as compras e etc.

Anônimo 28 de agosto de 2012 17:16

Loucura... Só funciona na cabeça de arquiteto...

Liliane 3 de novembro de 2012 16:56

É loucura mesmo, O Parc Zodíaco existe a 3 anos, aki no Rio no Bairro do Flamengo tb tem um, não me lembro o nome, já vi reportagens da Alemanha, Estados Unidos tem diversos, principalmente em Miame. Para entender melhor veja no site do Arquiteto Gustavo Penna, ele informa todos os detalhes, foi usado concreto protendido, o q não aumentou tanto o consumo e deu + resistência, existe um exaustor especial, e é obvio q existe um gerador. É todo um conceito diferenciado, e é uma edificação de alto padrão,tudo isso é visto, estudado e massificado antes. Cabeça de arquiteto é loucura mesmo, por isso a gente vê muita arquitetura linda por ai, pq arquiteto cria, ousa, arrisca, "viaja no projeto", arquiteto é incomum, é sonhador, idealizador, e sabe muito bem o que faz, parabéns Gustavo Penna!

Postar um comentário

Facebook: comentários

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...